domingo, 18 de novembro de 2018

Idosa de 106 anos é morta a pauladas em Feira Nova do Maranhão


Na madrugada deste sábado (17), a idosa Antônia Conceição da Silva, de 106, conhecida como “Antônia do Padre”, foi assassinada a pauladas dentro de sua própria residência na cidade de Feira Nova do Maranhão, a 783 km de São Luís. A casa foi invadida por assaltantes que entraram pelo telhado, forçando uma das telhas de Brasilit.

A idosa morava com um neto e tinha, durante o dia, a companhia de uma cuidadora.

No momento do crime, acontecia uma seresta próximo à residência e, segundo testemunhas, ela estaria sozinha no momento da invasão.

Como a idosa era aposentada, talvez os assassinos estivesse à procura de algum dinheiro. Eles a tiraram do sofá em que estava dormindo e a agrediram covardemente até a morte.

O corpo foi arrastado pela casa, que foi completamente revirada. A vasta quantidade de sangue leva a Polícia Militar a crer em espancamento por pauladas, já que o rosto da vítima estava completamente desfigurado. Uma faca sem cabo e quebrada foi encontrada pela Polícia Militar.

Segundo relatos, ela foi encontrada já sem vida pelo neto que teria voltado mais cedo da seresta.

A Polícia Civil de Riachão foi chamada para fazer a perícia do local. O comandante Jesus já está em campo à procura de informações e pistas que possam levar aos criminosos. A PM já tem alguns suspeitos em vista, ninguém foi preso até o momento.


O crime bárbaro revoltou a população que pede justiça.


LUIS DOMINGUES | Prefeito Gilberto e equipe de Governo participam da recepção de chegada do Padre Paulo Ricardo

Posse Padre Paulo Ricardo em Luis Domingues-MA
O prefeito Gilberto Braga e toda a sua equipe de Governo, juntaram-se a multidão para recepcionar o Padre Paulo Ricardo, na Igreja de São João Batista e nossa senhora de Nazaré em Luis Domingues,Oeste Maranhense.

A posse do religioso aconteceu nesta quarta feira (14),as 19h30, na igreja Matriz da cidade.Durante o evento o prefeito Gilberto entregou ao novo paroco a chave do município “Tenho certeza que o padre Paulo Ricardo vai trazer ainda mais energia positiva e espírito de solidariedade para Luis Domingues. Seja bem-vindo Padre Paulo Ricardo”, disse o prefeito.







terça-feira, 13 de novembro de 2018

Assista agora o Lançamento do Novo Clip da Banda Balada Quente "CHORA QUE HIDRATA" Com participação da Cantora Lígia Raquel do Forró Sacode!


O novo sucesso dos paredões está disponível trazendo o melhor do Forró. Isso é Balada Quente!!! 

Clipe: Chora Que Hidrata, Banda Balada Quente com participação da Cantora Lígia Raquel vocalista da Banda Forró Sacode.

Apoio Total: RONY CARDOSO 


segunda-feira, 5 de novembro de 2018

FUTEBOL: “Seleção de Gov. Newton Bello” vence “Seleção de Monção” pelo Copão da BR


Na tarde deste domingo(04),em jogo válido pelo Copão da BR,a seleção de Gov. Newton Bello venceu a Seleção de Monção no “Estádio Barbosão”, na cidade de Monção.


O time visitante venceu por 2×1 a seleção monçonense e encaminhou a classificação para próxima fase da competição.

Segundo a organização do Copão, o próximo jogo da seleção de Gov.Newton Bello poderá ser contra Zé Doca ou Santa Luzia do Paruá, vai depender dos resultados destas duas seleções.


PINHEIRO: PAC É CAMPEÃO E ESTA DE VOLTA A ELITE DO FUTEBOL MARANHENSE APÓS JOGO EMOCIONANTE


O Chapadinha precisava apenas de uma vitória simples para conquistar o título do Campeonato Maranhense da Segunda Divisão de 2018 e consequentemente voltar à elite do Campeonato Maranhense de 2019. O Galo havia perdido o primeiro jogo no estádio Costa Rodrigues na Princesa da Baixada por 2 a 1. Como fez melhor campanha jogava por dois resultados iguais.


Sem estádio para disputar seu mando de campo o Galo da Chapada foi obrigado levar seu jogo para o Castelão em São Luís. Um campo neutro para os times. O Chapadinha fez 1 a 0 aos 7 minutos do primeiro tempo através de Jonas Piu-Piu e ampliou para 2 a 0 aos 27 minutos da etapa inicial por intermédio de Cacá. Mas o PAC estava vivo e diminuiu aos 31 minutos do primeiro tempo através de Juninho Pindaré.


No segundo tempo o Chapadinha voltou aceso para tentar abafar, mas o meia esquerda Neto, camisa 10 do PAC mostrava que o time da Baixada é um Búfalo perigoso. Nos acréscimos mais uma vez Neto fez uma jogada de craque e meteu ara Diego que não perdoou e mandou para o fundo das redes empatando o jogo em 2 a 2 aos 48 minutos da etapa final e dando o título e acesso ao PAC , que volta à elite do futebol maranhense após 25 anos.


Além do acesso a elite do Futebol Maranhense em 2019, a equipe do Pinheiro conquistou o direito de disputar a Copa FMF, competição que garante ao campeão, uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série D.

CHAPADINHA: Matheus Machado; Mateus Rubens, Leone, André Penalva e Rafael Santos (Rodrigo); Ramon, Tibiri, Paulo Vitor (Mauricio) e Raí; Jonas Piu Piu ( Mateus Moura) e Kaká. Técnico> Danilo Brito.

PINHEIRO A.C: CAMPEÕES >>> Jaílson; Vivico ( Aldomir), Lucas, Paulinho e Maycon; Heider, Tayson, Juninho (Lentine) e Neto; Diego e Célio Mata Boi. Técnico> Luís Miguel.



www.jgmoreira.com.br .com /parceria : João Costa

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Tragédia: No Maranhão Tio e sobrinho morrem após automóvel colidir com árvore


Dois ocupantes de um veículo Chevrolet Cobalt morreram na tarde desta quinta-feira (1°) após acidente registrado na BR-222, entre os municípios de Arari e Vitória do Mearim, no norte maranhense.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, a colisão aconteceu por volta das 15h30 no quilômetro 287 da rodovia federal. Geleade Costa Rabelo, 34 anos, perdeu o controle da direção, saiu da pista e colidiu lateralmente em uma árvore. Ele e o outro ocupante, Antônio Pinto Costa, 68 anos, morreram ainda no local. Eles seriam tio e sobrinho.
As duas vítimas ficaram presas às ferragens e foram retiradas em seguida. Um dos dois homens ainda foi retirado com vida, mas não resistiu aos ferimentos. O veículo ficou completamente destruído em razão do forte impacto. Os agentes da Unidade Operacional de Santa Inês realizam levantamentos na tentativa de elucidar o motivo da saída de pista.
Os policiais rodoviários constataram que o condutor imprimia velocidade excessiva no momento do impacto. O veículo saiu de São Luís no começo da tarde; a colisão com a árvore foi frontal.
Ma10

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Bom Jardim: Ministério Público recorre de decisão e reitera pedido de afastamento de prefeito Francisco Araujo

Prefeito Francisco Araújo 
A Promotoria de Justiça da Comarca de Bom Jardim ingressou, em 22 de outubro, com um Agravo de Instrumento junto ao Tribunal de Justiça do Maranhão, no qual requer o afastamento de Francisco Alves de Araújo do cargo de prefeito. O pedido inicialmente foi feito em uma Ação Civil Pública (ACP) proposta em 8 de outubro.
Além do prefeito, a ACP tem como alvos a secretária do gabinete do prefeito, Neudivan de Jesus Silva, mais conhecida como Roberta; o secretário municipal de Administração e Finanças, Ayrton Alves de Araújo; o presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL) e pregoeiro do Município, Rossini Davemport Tavares Júnior; o pregoeiro substituto, João Batista Mello Filho; o empresário Roberto Lima de Farias e a empresa R. L. de Farias EPP. A Ação trata de irregularidades no pregão n° 017/2017 e o contrato firmado com a empresa R. L. de Farias para a locação de veículos de transporte escolar, no valor de R$ 366,6 mil.
Ainda na fase de licitação, a Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça apontou uma série de irregularidades, como a não indicação de orçamento disponível, a condição abusiva de que cada licitante deveria entregar duas resmas de papel A4  (1.000 folhas) para ter acesso ao edital, que tinha somente 52 folhas e o não atendimento das regras exigidas pelo Ministério da Educação para a contratação de serviços de transporte escolar, entre outras.
Firmado o contrato, os problemas continuaram. Os veículos utilizados eram antigos e em péssimo estado de conservação, o que levava, muitas vezes, os estudantes a ficarem às margens da BR-316 pedindo carona a motoristas e caminhoneiros, especialmente os que precisavam se deslocar para estudar nas escolas técnicas de Santa Inês e Zé Doca.
Diante dos fatos, o Ministério Público requisitou, por diversas vezes, informações ao prefeito Francisco de Araújo, que não respondia ou discorria superficialmente sobre o caso, omitindo as informações solicitadas. Além disso, nenhuma punição foi aplicada à empresa pelos constantes problemas nos veículos ou pelo descumprimento da legislação que trata do transporte escolar.
“Tendo plena ciência de que estava agindo ilegalmente para beneficiar uma empresa ‘amiga’, o chefe do Executivo Municipal deixou de fornecer ao Ministério Público os dados requisitados, mesmo após inúmeras reiterações de requisições de fornecimento de dados e documentos, tais como: o fornecimento de lista completa de veículos locados para a Prefeitura, contendo placa, marca, ano, modelo, condutor, destinação, local onde fica estacionado após o uso, valor de contrato para cada veículo, cópia do contrato, extrato de pagamentos efetuados pelos serviços, nota fiscal dos aluguéis, endereço e telefone dos proprietários dos veículos”, explica o promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira.
ESQUEMA
As investigações do Ministério Público apontaram que os proprietários de veículos e motoristas vinham prestando serviços à Prefeitura desde o início de 2017, contratados verbalmente pelo prefeito. Após o resultado da licitação, os veículos foram formalmente contratados pela empresa vencedora, sendo obrigados a transferir a titularidade dos veículos à R. L. de Farias. Com isso, simulava-se a exigência prevista no edital de que 40% da frota utilizada estivesse em nome da empresa.
Essa exigência foi uma das formas encontradas para afastar da licitação outras empresas, contratando-se uma empresa que poderia ser manipulada com facilidade. A outra empresa que se dispôs a participar do pregão foi desclassificada pela ausência de autenticação de uma fotocópia, o que poderia ter sido feito pela própria CPL mediante a apresentação do documento original.
Cabe ressaltar que nenhum dos veículos utilizados em Bom Jardim eram pertencentes à empresa contratada. A negociação dos contratos de sublocação também não foi feita pela R. L. de Farias, sendo encaminhados os nomes dos prestadores de serviço apenas para a elaboração dos contratos e repasse dos valores.
VISTORIA
A Promotoria de Justiça de Bom Jardim realizou vistoria com o objetivo de identificar as reais condições do transporte escolar ofertado pelo Município. O ônibus que fazia a rota Bom Jardim – Zé Doca, por exemplo, estava superlotado, com estudantes viajando em pé. Além disso, não havia cintos de segurança e partes do veículo estavam quebradas.
Também não foi apresentado qualquer documento que comprove que o veículo possui seguro para acidentes de trânsito e nem que está instalado o tacógrafo, equipamento que registra a velocidade do ônibus. Os dois são exigências legais para veículos que atuam no transporte escolar. Além disso, o motorista não possui registro de capacitação específica para conduzir alunos.
O Ministério Público verificou, ainda, que diversos veículos utilizados não obedecem ao limite de sete anos de uso para atuar no transporte escolar. A Prefeitura de Bom Jardim chegou a utilizar veículos com até 25 anos de fabricação.
PEDIDOS
Na Ação Civil Pública, o Ministério Público pediu a condenação dos envolvidos por improbidade administrativa. Além disso, como medidas liminares, foram pedidos o afastamento de Francisco Alves de Araújo do cargo de prefeito, a indisponibilidade dos bens dos envolvidos e a inversão do ônus da prova para que eles tivessem a obrigação de provar, entre outras coisas, que seguiram os trâmites legais previstos na Lei de Licitações e que os serviços foram prestados corretamente.
De todos os pedidos liminares, o juiz Bruno Barbosa Pinheiro, titular da Vara de Bom Jardim, deferiu, em 17 de outubro, apenas a indisponibilidade dos bens. Além do afastamento do prefeito, o pedido de inversão do ônus da prova também foi reiterado ao Tribunal de Justiça.
Por: Neto Weba