terça-feira, 28 de setembro de 2021

Polícia prende pastor que estuprou e ameaçou matar jovem no Maranhão

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil do Maranhão e Polícia Civil do Pará resultou na prisão preventiva de um homem suspeito de ter praticado o crime de estupro contra uma jovem de 21 anos de idade, no dia 21 de maio deste ano, na zona rural de Tutóia.


Segundo as informações obtidas no curso da investigação da 20° Delegacia Regional de Barreirinhas, o suspeito aproveitou-se da condição de pastor da igreja onde a vítima frequentava, no povoado Porto de Areia, e cometeu o abuso sexual mediante grave ameaça de morte.

Diante das provas produzidas no inquérito, foi pedida a prisão preventiva do investigado, cujo mandado foi expedido pela Comarca de Tutóia. O investigado foi localizado e preso na capital paraense, Belém, após diligências e atos de investigação realizados pela Polícia Civil do Maranhão, com o apoio da 11ª Seccional Urbana do Guamá.



‘Triste realidade’, diz Josimar de Maranhãozinho sobre aumento da pobreza no MA



Mensagem do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) ao perceber que a gestão do socialista Governador Flávio Dino jogou 400 mil maranhenses na extrema pobreza.

“Triste realidade em nosso Estado. Nos últimos 4 anos, houve um aumento da extrema pobreza. Teoria não enche barriga! Enquanto houverem maranheses sem ter o que comer, o Estado está falhando. Combater a miséria é minha principal bandeira. Quem tem fome, tem pressa”.



Operação da Polícia Federal prende prefeito de São Mateus, com R$ 400 mil escondidos no guarda-roupa nesta terça-feira(28)

Numa operação para combater o desvio de recursos do município de São Mateus, foi preso hoje, terça-feira (28), pela manhã cedo, o chefe do executivo de São Mateus por desvio de dinheiro e fraudes em licitações.


Na operação Minucius que desmantelou organização criminosa que atuava em São Mateus, no Espírito Santo, foi preso Daniel Santana Barbosa, mais conhecido por Daniel do Açaí, além de outras seis prisões temporárias e 25 de busca e apreensão em residências e empresas daquela cidade.
Junto com Daniel, foram presos o operador financeiro do esquema e quatro empresários que faziam parte da quadrilha que desviou dinheiro do combate ao novo corona vírus. Na casa do prefeito, foram encontrados dentro do armário R$ 400 mil em espécie e várias joias em ouro.
Operações como essa esta ocorrendo em todo Brasil. 


por Luis Cardoso.com

segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Centro Novo-MA: Após operação da PF, Prefeito pede afastamento do cargo; vice assume na quarta-feira

Prefeito Júnior Garimpeiro

 O Prefeito de Centro Novo do MA, Júnior Garimpeiro pediu o afastamento para a Câmara de Vereadores por tempo indeterminado nesta segunda feira, dia 27 de setembro.


Desde o dia 15 de setembro, quando a Polícia Federal deflagrou a operação CURIMÃ na tentativa de desarticular organização criminosa que atua em garimpos ilegais de ouro na região do município, o prefeito é dado como foragido.

A operação teve como o objetivo o cumprimento a 19 mandados de busca e apreensão, além de 5 mandados de prisão preventiva, nos Estados do Maranhão e do Pará, expedidos pela 8ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado do Maranhão.

Além do prefeito, os investigados responderão pelos crimes previstos no Art. 2º, da Lei 8.176/91 (usurpação de bens da União), no art. 54, §2º, V (poluição), c/c art. 55 (mineração ilegal), ambos da Lei nº 9.605/98, art. 14, da Lei 10.826/2003 (porte ilegal de arma de fogo), bem como o art. 2º, §2º, da Lei nº 13.850/2013 (integrar organização criminosa), cujas penas máximas somadas ultrapassam mais de 20 anos.

Veja na integra o pedido encaminhado a Câmara de Vereadores de Centro Novo do Maranhão.





Mulher é morta na frente da filha pelo ex-namorado em São Luís

Gildelene tinha um relacionamento conturbado com Elionaldo

Caso aconteceu na Vila Bacanga. Segundo a polícia, a vítima foi morta a golpes de faca e o assassino foi preso.

Na manhã desta segunda-feira (27), uma mulher identificada como Gildelene Botelho Braga, de 31 anos, foi morta a golpes de faca pelo ex-namorado em São Luís.

Segundo a polícia, o crime foi aconteceu por volta das 11h, na casa onde ela morava, na Vila Bacanga. No local, estavam a filha, uma amiga e ainda a mãe de Gildelene.

Elionaldo Ferreira foi preso pela polícia na Vila Samara, em São Luís

Depois do assassinato, o ex-companheiro da vítima, Elionaldo Ferreira, tentou fugir de São Luís, mas foi encontrado e preso na Vila Samara. Logo depois, foi encaminhado para a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) para prestar depoimento.

Ainda de acordo com a polícia, Gildelene tinha um relacionamento conturbado com o ex-companheiro e chegou a formalizar uma denúncia na Casa da Mulher Brasileira contra Elionaldo, antes de ser morta.




Por G1 MA 27/09/2021 17h47

Gov. Newton Bello: Vereadora Edna do Peixe Solicita construção de pontes e boeiros na estrada do povoado Marajá e povoado Pôr do Sol


 A vereadora Edna do Peixe (PL) protocolou na ultima sexta-feira 24 de setembro na câmara municipal de vereadores de Governador Newton Bello-MA um requerimento de indicação N° 02/2021 na qual pede benefícios a população newtonbelense, visando melhoria de estradas. 

O seguinte requerimento pede a Construção de Pontes e Boeiros na estrada do povoado Assentamento Santa Luzia ao Povoado Marajá e do Marajá ao povoado Pôr do Sol. 

Para a vereadora é de extrema necessidade a construção de pontes e boeiros, pois a população residente naquela região fica isolada e com grande dificuldade no deslocamento, o atendimento a esse pedido também possibilitará escoamento de produção permitindo que todos os produtores e criadores desenvolvam de forma sistemática suas atividades.  

O requerimento da parlamentar foi lido, votado e aprovado por todos os vereadores. Agora segue para o gabinete do poder executivo. 

Abaixo imagem do referido requerimento:



Na gestão Flávio Dino, quase 100 mil entraram na extrema pobreza por ano

 


Os dados do IBGE sobre o crescimento da faixa de extrema pobreza no Maranhão confirmam o fracasso do governo Flávio Dino (PSB) numa das áreas que ele mais alardeou que mudaria.

Ao se eleger em 2015, o hoje socialista declarou que uma de suas metas era não deixar nenhum municípios maranhense na lista dos 100 mais pobres do país.

Cinco anos depois, em 2019, o estado tinha 400 mil pessoas a mais na extrema pobreza, segundo dados do IBGE (reveja).

São quase 100 mil pessoas a mais por ano de gestão…

Um retumbante fracasso para quem, no primeiro dia, do primeiro governo, em janeiro de 2015, se comprometeu a não deixar “nenhuma cidade maranhense no rol das 100 cidades piores do Brasil” (relembre).